Exposição a luz relacionada a supressão da melatonina


Por Sarah Ramos – sarah@fisiologistas.com


Resumo do Artigo: “Self-luminous devices and melatonin suppression in adolescents” – Figueiro, 2015.


  • Introdução

Sabe-se que a intensidade e a duração da exposição à luz está positivamente correlacionado com a supressão da melatonina, alterando o ciclo circadiano, além de aumentar o risco de diabetes e obesidade. Foram realizados estudos em laboratório, com diferentes dispositivos, e foi visto que computadores e Ipads diminuíram significativamente a melatonina, apenas a televisão a uma distância de 70 polegadas não alterou a melatonina. Comparando fontes luminosas de LED e não LED, foi visto que LED suprimiu significativamente mais a melatonina.

  • Objetivo do Estudo:

Verificar a influencia da exposição à iluminação de dispositivos auto iluminados na liberação de melatonina em adolescentes próximo ao período de sono.

  • Constituição da Amostra:

Vinte adolescentes sendo 7 homens e 13 mulheres, com idade entre 15 e 17 anos, sem nenhum problema de saúde que influenciasse no teste.

  • Materiais e Métodos:

Os adolescentes 3 horas antes do sono principal, começaram a utilizar um dispositivo com iluminação própria a sua escolha, mas deveria manter o uso durante a noite toda e no segundo dia de experimento. Foram dois protocolos, na primeira noite, eles utilizariam um óculos de lentes laranja, que bloqueiam maior parte da luminosidade, durante as 3 horas, esse foi o controle. O segundo protocolo ocorreu na segunda noite, as amostras utilizaram o óculos laranja na primeira hora, depois nas duas horas seguintes removeram os óculos e ficavam expostos a iluminação. Para análise da melatonina, foram colhidas amostras de saliva na primeira, segunda e terceira hora de teste (T1, T2, T3).

  • Resultados:

A exposição à iluminação de dispositivos auto iluminados, suprimiu significativamente a melatonina nos adolescentes.

  • Conclusão:

Os resultados encontrados corroboram com os encontrados em laboratório. Os resultados desse e de outros estudos reforçaram os indícios de que os adolescentes são mais sensíveis a iluminação na supressão da melatonina. Ocorreram algumas dificuldades da utilização de equipamentos para mensurar a exposição de luz, mas nada que diminuísse a confiabilidade do estudo.

  • Aplicação prática:

Elaborar uma cartilha de conscientização a cerca da utilização de Smarthphones, Tablets e outros dispositivos que emitem luz no período próximo do sono, mostrando as possíveis consequências desse hábito tão comum nos dias de hoje.


 

Texto: Pedro Baião

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s