Estudo aponta idade fitness com medição fisiológica


Você já passou dos 40 anos, faz a sua caminhada diária – em dias animados mais rápida, em outros a passos lentos – e tem a sensação de missão cumprida depois de uma hora de exercício. A boa notícia você já sabe: saiu do patamar perverso do sedentarismo. Mas a novíssima e má notícia é que, muito provavelmente, sua idade fitness é a de uma pessoa pelo menos 15 anos mais velha do que você.

Sim, uma nova idade está sendo atribuída a seu corpo e ela pode estar bem distante da real, para mais ou para menos. E ela é tanto menor quanto maior for a intensidade aeróbica do exercício que você pratica. Foi um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Ciência e Tecnologia em Trondheim, na Noruega, que chegou a esta medição fisiológica.

A idade fitness, quase uma extensão da idade biológica (e, em se tratando de saúde e bem estar, a cronológica cada vez importa menos), é fortemente associada a exercícios aeróbicos de alta intensidade, aqueles que utilizam muito, mas muito mesmo oxigênio, como corridas e treinos de resistência e de bike. Ela, no entanto, não é uma sentença de velhice prematura. Como em tudo na vida, com empenho e determinação, é possível inverter o ritmo do relógio e reduzir alguns bons anos da sua idade fitness.

Mas como os pesquisadores chegaram a esse nível de precisão? Medindo o chamado VO2 máximo, que determina a capacidade do organismo de consumir e utilizar oxigênio.

Foram vários anos de acompanhamento de mais de 5 mil homens e mulheres, de 20 a 90 anos. Em uma esteira, a potência cardíaca e a respiratória deles eram levadas ao limite, para medir o nível de aproveitamento da energia pelo corpo. Também era anotada a circunferência abdominal dos participantes.

Ao determinar um consumo médio de VO2, de acordo com as diferentes faixas etárias, eles conseguiram definir parâmetros e, a partir deles, posicionar os pesquisados acima ou abaixo do esperado. Assim, encontraram senhores de 70 anos com idade fitness de 40, assim como mocinhas de 30 com idade fitness de 50.

Segundo os criadores do cálculo da idade fitness, ela é capaz de determinar a longevidade de uma pessoa, muito mais do que fatores como obesidade, colesterol e pressão alta.

Vamos dizer que há um certo exagero nisso. Mas para provar o contrário, os pesquisadores usaram essa mesma média em um levantamento fresquíssimo que envolveu 55 mil adultos noruegueses. A ideia era provar, em larga escala, que quanto maior o VO2, maior a expectativa de vida de uma pessoa.

Os resultados foram publicados recentemente na revista científica Medicine & Science in Sports & Exercise: os pesquisadores concluíram que os que tinham o VO2 85% abaixo da média, tinham também risco 82% maior de morrer prematuramente. “A idade fitness é extremamente eficiente para medir a longevidade de uma pessoa”, disse o professor de fisiologia Ulrik Wisloff, um dos autores da pesquisa.

Para saber qual a sua idade fitness, o teste, feito por meio de uma calculadora online, é muito simples. São seis etapas com poucas perguntas, como idade, peso, nível de atividade física e circunferência da cintura. Mas e a musculação?  “Sabemos que o treino de força muscular também tem um papel na prevenção das mortes prematuras, então, orientamos as pessoas a combinar musculação e exercícios de resistência”, disse o professor Ulrik. Conselho dele? Exercite-se para valer. E faça por merecer o VO2 máximo que existe em você.

Fonte: new.d24am.com/plus/comportamento

Anúncios

2 comentários sobre “Estudo aponta idade fitness com medição fisiológica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s