Comum em fisiculturistas, veias saltadas são desejo fitness


Veias aparentes mostram alto desenvolvimento muscular e baixo teor de gordura corporal, mas médicos alertam para o limite que o corpo pode atingir

felipe-francorepinsta2As noções de beleza e o padrão de corpo perfeito se alteram muito e seguem as tendências e gosto de cada pessoa. Há algum tempo, modelos esquálidas cruzavam a passarela em desfiles de moda, hoje elas continuam igualmente magras, mas ter pernas torneadas, abdômen sarado e braços definidos também faz parte do pacote.  Fora do mundo da moda, o número de mulheres que aderiram aos ringues de MMA e prática de muay-thai tem aumentado consideravelmente, seguindo a tendência dos corpos bem malhados exibidos pelas panicats na TV. Ainda em busca do corpo perfeito estão os fisiculturistas, que ostentam músculos extremamente definidos, braços enormes e pernas musculosas.

Talvez por ser menos comum de se ver por aí do que modelos magras demais, alguns corpos cobertos de músculos às vezes chamam muita atenção. No início de março, praticantes de fisiculturismo mostraram suas formas em um evento na Austrália. Aqui no Brasil, o educador físico, atleta e Mister Fitness Brasil Felipe Franco, namorado da modelo e apresentadora Juju Salimeni, recebe críticas e elogios ao postar fotos das coxas malhadas no Instagram.

Além dos músculos, as veias dilatadas e extremamente saltadas também são alvos de comentários. No entanto, o que para muita gente é motivo até de estranheza, para os fisiculturistas é razão de sobra para comemorar. “Os profissionais do esporte buscam isso para uma estética perfeita. Para quem já tem um corpo grande e definido, a dilatação das veias é a cereja do bolo”, comenta o personal trainer e atleta Adriano Engler.

Mas, como toda estética perfeita, exige tempo e dedicação para se chegar a resultados. As veias se tornam visíveis demais depois de longos períodos de treinamento pesado e alimentação balanceada, ou seja, um estilo de vida que propicia isso. Além de esforço, a genética também conta. “Isso vem ao longo de muitos anos de treinamento, de fisiculturistas que fazem disso sua profissão e diz a um número muito pequeno de pessoas e principalmente diz respeito a genética”, explica o Dr. José Marques Neto, especialista em Medicina do Esporte e Fisiologia do Exercício pela Universidade de São Paulo (USP).

O fato de ter veias aparentes demais é chamado de vascularização e é uma consequência da rotina de treinos. Já que os músculos tornam-se muito desenvolvidos  e necessitam de maior pressão sanguínea para que sejam irrigados da melhor maneira para garantir que recebam a quantidade necessária de nutrientes. Aliado a isso, o baixo teor de gordura corporal destes atletas faz com que os músculos tornem-se ainda mais aparentes e, consequentemente, as veias também.

Em grupos e fóruns de discussão sobre o assunto na internet, algumas pessoas comentam que, mesmo com treinamento e baixos índices de gordura corporal, a vascularização não está como gostariam. “O desenvolvimento muscular é individual, cada um desempenha conforme seu limite, seu treinamento”, alerta o especialista.

Ele explica anda que casos extremos vistos em fotos nas redes sociais não são lá muito naturais e que os atletas precisam ter cuidado redobrado para as consequências do consumo de substâncias anabolizantes. “Alguns casos não me parecem algo que se atinge sem o uso de substâncias de origem duvidosa”, afirma.

Fonte: terra.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s