Para fisiologista, estreia de Adriano no início de outubro ‘não é palpável’


Prazo estabelecido pelo próprio jogador é otimista demais diante do quadro atual: ‘Gostaria que ele tivesse uma evolução maior de perda de peso’

O Imperador voltou. Mas por enquanto, só aos treinos. A previsão feita por Adriano  para reestrear com a camisa do Flamengo foi otimista (assista ao vídeo). O atacante, que recupera a forma física após passar pela segunda cirurgia no tendão de Aquiles do pé esquerdo, realizada em abril, disse há uma semana que espera estar em campo no início de outubro, na primeira quinzena. O fisiologista do clube, Claudio Pavanelli, não descarta, mas diz que é muito difícil.

– Não é palpável, não. Quero que seja, não é impossível, mas é uma questão de como ele está hoje e não sei se vamos conseguir colocar ele para jogar em três semanas. A carga de exercícios sempre vai ser crescente, até que ele possa atingir o padrão de um atleta bem condicionado. Estamos falando de um atleta que estava há mais de um ano sem jogar. Até alcançar um padrão para jogar demora. Por isso essa carga tem que ser gradativa.

Caso o prazo estipulado pelo próprio Adriano se confirme, o jogador voltaria ao time no dia 4 de outubro, pela 28ª rodada, quando o Flamengo recebe o Bahia, no Engenhão, ou no dia 10 de outubro, pela 29ª rodada, contra o Corinthians, ex-clube do camisa 10, no Pacaembu.

Ao longo desta semana, Adriano cumpriu a agenda de treinos estabelecida pelo Flamengo, mas não foi a campo. Segundo Pavanelli, é um processo natural.

– Ele continua fazendo todo o trabalho, algumas vezes na academia do clube, em outras fora do clube. Vamos variando. Agora estamos alternando campo e musculação até conseguirmos colocar ele direto no campo e manter. Ao mesmo tempo em que vocês não estão vendo ele no campo, ele está fazendo avaliações, exercícios. Na próxima semana estará mais no campo.

Gostaria que ele tivesse uma evolução maior de perda de peso. O único problema é que não posso sobrecarregar o tendão operado para não perder o atleta. Se coloco ele para correr, mas sobrecarrego o tendão e o tornozelo, aí que ele não vai ser visto em campo”

Claudio Pavanelli, fisiologista do Fla. O fisiologista explica que a evolução física está sendo satisfatória, mas Adriano ainda briga com a balança. Ele precisa perder peso, mas ao mesmo tempo a recuperação tem de ser cautelosa.

– Por enquanto está sendo satisfatória (a melhora física). Gostaria que ele tivesse uma evolução maior de perda de peso. O único problema é que não posso sobrecarregar o tendão operado para não perder o atleta. Se coloco ele para correr, mas sobrecarrego o tendão e o tornozelo, aí que ele não vai ser visto em campo. Adriano tem atividade em dois períodos marcado para este sábado. No domingo, vai ganhar folga. Desde que foi apresentado, há um mês, o Imperador faltou a dois treinos e recebeu duas advertências. A partir daí, segundo o clube, não cometeu deslizes. Quando chegou, a ideia do jogador era estrear no fim de setembro, o que definitivamente não vai ocorrer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s